Menu

Comportamento

Atualizado em 16 de agosto de 2012, às 8:05
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Assédio moral: como se defender

Situações de assédio moral são cada vez mais comuns no ambiente de trabalho. Saiba como se defender dessa situação que pode trazer sérias consequências para a vítima.

O seu chefe anda lhe passando trabalho além da conta, lhe deixado em situações vexatórias na frente dos colegas ou apresentado comportamentos agressivos e repetitivos com você? Se a resposta for positiva, tome cuidado, pois você pode estar sendo vítima de assédio moral.

502062 assedio moral como se defender Assédio moral: como se defenderCada vez mais têm aumentado as denúncias de assédio moral no trabalho (Foto: Divulgação)

Nos últimos anos, tem sido cada vez mais constante o surgimento de denúncias de assédio moral no trabalho, situação que possui um alto poder destrutivo com o trabalhador. Além de problemas físicos e psicológicos que resultam dessa perseguição no trabalho, o assediado acaba se sentindo tão deprimido que há até casos de suicídios decorrentes da situação.

Muitas vezes o patrão não quer mais contar com um determinado funcionário, mas não o demite por causa das despesas trabalhistas que decorrem dessa decisão, gerando muitos gastos para a empresa. Dessa forma, resolve tomar outros caminhos, como o assédio moral, na tentativa de que o assediado se sinta prejudicado e entre com o pedido de demissão, o que acarreta em abrir mão de alguns direitos.

Leia também: Bullying no trabalho: aprenda a se proteger

Como identificar o assédio moral

502062 assedio moral como se defender 3 Assédio moral: como se defenderO assédio moral normalmente acontece de forma repetida e com a mesma pessoa, atrapalhando o ambiente de trabalho (Foto: Divulgação)

É preciso tomar cuidado na hora de identificar o assédio moral. Geralmente, o assédio moral acontece durante o horário de trabalho e consiste em repetição sistemática, intencionalidade, escolha de uma pessoa como bode expiatório e na degradação deliberada das condições de trabalho.

Ele pode abranger:

- Insultos;

- Ameaças;

- Isolamento;

- Imposição de horários injustificados;

- Agressão verbal ou física;

- Revista vexatória;

- Exigência de trabalhos urgentes, sem necessidade;

- Atribuição de erros imaginários ao trabalhador;

- Críticas ou brincadeiras de mau gosto ao trabalhador em público;

- Retirada injustificada de instrumentos de trabalho.

Formas de se defender do assédio moral

502062 assedio moral como se defender 4 Assédio moral: como se defenderA principal forma de se defender do assédio moral é denunciando o "agressor" (Foto: Divulgação)

Para se defender do assédio moral, o trabalhador deve tomar algumas providências imediatas para não sofrer mais com isso, como resistir aos ataques dos superiores, anotar todas as humilhações sofridas, estar sempre acompanhado de testemunhas na hora de conversar com o agressor e procurar a ajuda dos colegas de trabalho, com quem já tenha passado pelo mesmo problema ou que presenciou o assédio.

Com tudo isso organizado, o assediado deve exigir explicações por escrito do setor de RH da empresa e procurar o sindicato da sua categoria para denunciar o assédio, o que também pode ser feito em instituições como o Ministério Público, Justiça do Trabalho e Comissão de Direitos Humanos.

Saiba mais: Como denunciar assédio moral no trabalho

É importante ainda buscar apoio com familiares e amigos para a recuperação da autoestima e da dignidade. Se for o caso, médicos, assistentes sociais ou psicólogos também devem ser procurados para ajudar a vítima do assédio.