Menu

Saúde

Atualizado em 10 de março de 2010, às 23:51 por Redacao
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Assaduras de bebê como tratar

assaduras de bebe Assaduras de bebê como tratar

As assaduras das fraldas ou dermatite tem até 35% de chances de acontecer até os 2 (dois) anos de idade, o que triplica com bebês com diarréia. Já os bebês em fase de aleitamento apresentam uma tendência menor.

Algumas áreas do corpo do bebê, normalmente as que ficam cobertas pela fralda, possuem mais facilidade em ter assaduras, elas ficam vermelhas e irritadas. Algumas vezes essas áreas afetadas têm um aspecto ressecado, outras vezes úmido, e também podem aparecer pequenas brotoejas. Mas se assadura comum não for tratada ela pode tornar-se um problema maior, como uma micose, como a candidíase ou uma infecção bacteriana. As micoses por cândida, a mesma bactéria que causa sapinho e a candidíase vaginal, são mais comuns em bebês que estejam tomando antibióticos, isso porque os remédios matam as bactérias boas que controlam a proliferação dos fungos. A micose causada pela cândida começa com pequenos pontinhos vermelhos, que se multiplicam aos poucos até formar uma placa vermelha.
A principal causa das assaduras de bebês é a umidade. Recém-nascidos fazem xixi o tempo todo, e também fazem coco com frequência, e nem as fraldas com maior poder de absorção conseguem tirar toda a umidade do contato direto com a pele do neném. As assaduras podem acontecer em outros lugares como corpo, como pescoço, axilas e as dobrinhas dos braços e das pernas, e isso acontece normalmente com os bebês mais gordinhos.

A única maneira de evitar e tratar as assaduras de bebê é mantendo ele sempre sequinho e limpo em cada troca de fraldas, se possível usar talco, mas para as crianças que já estão com assaduras eu recomendo um tratamento com a pomada Bepantol, que custa em média R$ 10,00, mas se preferir consulte o médico pediatra do seu filho, ele vai pode aconselhar algo mais adequado para o caso do seu bebê.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.