Menu

Saúde

Atualizado em 11 de julho de 2012, às 13:28 por Isabella Moretti
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Anvisa proíbe a venda do suplemento alimentar Oxielite Pro

Foi decretada a proibição do Oxielite Pro, um suplemento alimentar e emagrecedor que possui substâncias que afetam a saúde.
483910 Anvisa proíbe a venda do suplemento alimentar Oxielite Pro 1 Anvisa proíbe a venda do suplemento alimentar Oxielite ProA venda do Oxielite Pro foi proibida pela Anvisa. (Foto:Divulgação)

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu a comercialização do Oxielite Pro, um suplemento alimentar e estimulante muito usado para emagrecer. O anúncio da suspensão das vendas foi feito ontem (10) através de uma medida publicada no Diário Oficial da União.

O Oxielite Pro possui uma substância perigosa

De acordo com a agência, o medicamento possui em sua composição a substância DMAA (dimethilamylamine), que recentemente foi banida no Brasil. O componente estimulante, famoso por ajudar no emagrecimento e aumentar a disposição, teve a sua venda suspensa porque pode causar sérias complicações à saúde.

A substância DMAA não está presente apenas no emagrecedor OxyElite Pro, mas também em outros produtos, como Jack3D e Lipo6 Black. Segundo a Anvisa, o componente agride o organismo e sua existência em determinadas fórmulas reforça o alerta sobre o risco que os suplementos alimentares podem trazer à saúde.

483910 Anvisa proíbe a venda do suplemento alimentar Oxielite Pro Anvisa proíbe a venda do suplemento alimentar Oxielite ProA substância DMAA não está presente apenas no emagrecedor OxyElite Pro. (Foto:Divulgação)

O DMAA, juntamente com estimulantes e hormônios, ameaçam as chances de uma vida saudável. Quando consumidas, as substâncias podem causar dependência, falência do fígado, alterações no sistema nervoso, insuficiência renal e doenças cardiovasculares. Dependendo da quantidade ingerida e da reação do organismo, o DMAA pode até levar a morte.

Devido ao seu potencial estimulante, o DMAA é muito consumido por atletas para aumentar o desempenho físico. Entretanto, com a substância inclusa na lista de proibições na Anvisa, os usuários não poderão comprá-la no Brasil e nem importá-la.

As pessoas que consomem ou vendem o Oxielite Pro devem entrar em contato com a Anvisa o quanto antes, buscando orientações com a autoridade sanitária local ou entrando em contato pelo telefone 0800 642 9782.

Saiba mais: Anvisa proíbe emagrecedores a base de anfetamina e mantém a venda da Sibutramina

Os perigos dos suplementos

483910 Anvisa proíbe a venda do suplemento alimentar Oxielite Pro 2 Anvisa proíbe a venda do suplemento alimentar Oxielite ProPara consumir suplementos, é necessário acompanhamento médico ou de um nutricionista. (Foto:Divulgação)

Embora complemente a dieta e aumente a disposição, o suplemento alimentar deve ser consumido com prescrição médica para não prejudicar a saúde. Alguns produtos possuem substâncias terapêuticas na fórmula, por isso consumo sem um acompanhamento pode desencadear efeitos adversos.

Além de consultar um médico ou nutricionista, os consumidores de suplementos devem adotar alguns cuidados para escolher os produtos, pois muitos são comercializados irregularmente no país. É importante desconfiar do suplemento que promete ação milagrosa e rápida, ou que exibe fotos de pessoas hipermusculosas nas embalagens. Os rótulos que prometem emagrecimento, aceleração do metabolismo, melhora no desempenho sexual e redução de gorduras também sinalizam perigo.

Veja também: Suplementos alimentares mais vendidos

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL

Ao subscrever nossa newsletter, passar receber nossos artigos por email e informações sobre os nossos passatempos. É gratuito e sem spam.