Menu

Educação

Atualizado em 8 de agosto de 2012, às 7:00 por Isabella Moretti
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Alunos em boa forma apresentam melhor desempenho nos estudos

A prática de exercícios aeróbicos contribui com as funções cognitivas do aluno, fazendo com que ele apresente um melhor desempenho acadêmico.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade do Texas, nos Estados Unidos, os alunos com boa forma física apresentam melhor desempenho acadêmico. Os resultados completos do trabalho foram divulgados no Encontro anual da Associação Americana de Psicologia, em Orlando.

498733 Alunos em boa forma apresentam melhor desempenho nos estudos 1 Alunos em boa forma apresentam melhor desempenho nos estudosJovens fisicamente ativos apresentam melhor desempenho acadêmico. (Foto:Divulgação)

Boa forma física contribui com desempenho na escola

Para chegar à conclusão de que alunos fisicamente ativos possuem melhor rendimento escolar, os pesquisadores avaliaram 1.211 jovens, de 10 a 15 anos. Os participantes estudavam em cinco escolas diferentes do Texas e tiveram as principais competências analisadas durante o estudo.

Os especialistas da Universidade do Texas consideraram várias características para chegar a um resultado seguro, como rendimento escolar, nível socioeconômico, autoconfiança, prática de exercícios físicos e IMC (Índice de Massa Corporal). Os participantes também foram submetidos a testes para avaliar a capacidade cardiorrespiratória, aeróbica, força, resistência muscular e flexibilidade.

498733 Alunos em boa forma apresentam melhor desempenho nos estudos Alunos em boa forma apresentam melhor desempenho nos estudosExercícios físicos melhoram funções cognitivas, como memória e concentração. (Foto:Divulgação)

Após relacionar os dados apurados, constatou-se que ter boa capacidade cardiorrespiratória e desempenhar com sucesso as atividades físicas que exigem força, resistência e flexibilidade são fatores que ajudam o indivíduo a apresentar bom desenvolvimento escolar. Desta forma, jovens que se exercitam e não sofrem com os males da obesidade possuem boas chances de se dar bem na escola, principalmente quando se trata de testes de matemática e de interpretação de texto.

Os jovens fisicamente ativos apresentaram resultados positivos na escola, independente do sexo. Segundo os autores da pesquisa, a atividade física contribui com o desempenho acadêmico porque melhora funções cognitivas fundamentais para o aprendizado, ou seja, memória, concentração e organização. A pesquisa também serve de alerta para os pais e escolas, que devem incentivar a criança ou o jovem a praticar atividades aeróbicas.

Saiba mais: Exercícios físicos para ficar mais inteligente

Exercícios físicos e inteligência

Outras pesquisas já foram capazes de relacionar os exercícios físicos à inteligência, como é o caso de um estudo realizado pela Universidade de Gotemburgo, na Suécia. Após avaliar 1 milhão de homens de 15 a 18 anos, descobriu-se que aqueles que apresentavam melhor condicionamento físico tinham QI mais elevado, principalmente no que diz respeito a lógica e a compreensão verbal.

Ao apresentar funções cognitivas mais desenvolvidas, o jovem que pratica exercícios aeróbicos também adia a manifestação de problemas na cognição, que são comuns na terceira idade, como a perda de memória e a dificuldade de raciocínio.

498733 Alunos em boa forma apresentam melhor desempenho nos estudos 2 Alunos em boa forma apresentam melhor desempenho nos estudosPraticar exercícios é uma forma de estimular os neurônios. (Foto:Divulgação)

De acordo com um estudo do Grupo de Neurofisiologia do Exercício da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), a prática de exercícios aeróbicos, como corrida, caminhada e natação, serve de estímulo para os fatores neurotróficos, ou seja, contribui com o crescimento dos neurônios. Com o aumento no número de células do sistema nervoso, a transmissão de informações se torna mais fácil. Segundo Ricardo Mário Arida, professor da Unifesp, não dá para afirmar que um indivíduo fica mais inteligente do que o outro por causa da atividade física, mas a cognição é sempre beneficiada.

Veja também: Dicas para manter o cérebro em forma

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL

Ao subscrever nossa newsletter, passar receber nossos artigos por email e informações sobre os nossos passatempos. É gratuito e sem spam.