Menu

Saúde

Atualizado em 24 de junho de 2013, às 8:42
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Alimentos que protegem a pele do sol

Cuidar bem da pele não é uma tarefa muito simples e o consumo de alguns alimentos específicos pode ajudar a proteger você e garantir mais beleza e saúde.

A constante exposição da pele aos raios solares é um problema contínuo e difícil de evitar. Entre os principais resultados da agressão da radiação ultravioleta, conhecidos popularmente como raios UVA e UVB, estão o envelhecimento precoce, o aparecimento de rugas, manchas e até mesmo o aumento do risco de aparecimento de cânceres.

636150 Conheça alguns alimentos capazes de proteger a pele. Alimentos que protegem a pele do solConheça alguns alimentos capazes de proteger a pele. (Foto: divulgação)

Uma maneira bastante eficaz de prevenir esse tipo de problema é fazer uso regular de protetor solar. Entretanto, essa não é a única medida que pode ser adotada e é possível se beneficiar através da ingestão de alguns nutrientes, conhecidos como fotoprotetores internos. Fique por dentro do assunto e saiba quais os alimentos que protegem a pele do sol.

Por que apenas o protetor solar não funciona

Atualmente é possível encontrar protetores solar com FPS (fator de proteção solar) cada vez maior, o que representa um grande avanço na luta contra as doenças causadas pela radiação solar. Além de saber como escolher o melhor protetor para o tipo de pele é preciso ter em mente que, ao usar um filtro solar, é possível bloquear apenas uma parcela da radiação que atinge a pele.

Em contrapartida, ao realizar uma alimentação balanceada, rica em nutrientes como minerais e vitaminas com ação antioxidante e fotoproterora, é possível fortalecer a defesa das células contra os efeitos nocivos dos radicais livres e inflamação desencadeada pela exposição solar, garantindo uma proteção da pele de dentro para fora.

636150 Os alimentos certos ajudam a proteger a pele de dentro para fora. Alimentos que protegem a pele do solOs alimentos certos ajudam a proteger a pele de dentro para fora. (Foto: divulgação)

Alimentos que protegem a pele

Confira a lista dos principais alimentos capazes de garantir a saúde da pele exposta ao sol.

  • Amêndoas

É rica em vitamina E, um poderoso antioxidante natural que ajuda a proteger as células da pele contra as lesões causadas pelos radicais livres e exposição à radiação ultravioleta;

  • Cenoura e goiaba

São excelentes fontes de betacaroteno, a substância precursora da vitamina A. Essa vitamina é muito boa para a aparência da curtis, pois além de também atuar no combate dos radicais livres, ainda ajuda a clarear a pele e previne o aparecimento de acne;

  • Cacau

Além de ser bastante saboroso, o chocolate meio amargo, que apresenta maior teor de cacau, também oferece boas concentrações de flavonoides, um antioxidantes capaz de melhorar a textura da pele e ainda protege-la dos danos do sol. Estudos recentes afirmam que o consumo diário de cacau é capaz de aumentar a resistência da pele contra os raios UV.

  • Semente de linhaça

Rica em ômega-3, ajuda a combater o aparecimento de manchas, além de combater as linhas de expressão e garantir uma excelente hidratação cutânea.

  • Espinafre

O espinafre apresenta grandes quantidades de ácido fólico, uma importância bastante importante para o processo de divisão celular. O consumo regular dessa verdura ajuda a garantir uma boa capacidade de renovação celular.

636150 A cenoura é uma ótima fonte de betacaroteno. Alimentos que protegem a pele do solA cenoura é uma ótima fonte de betacaroteno. (Foto: divulgação)

Cuidar bem da pele não é uma tarefa muito simples, pois esse órgão é constantemente exposto aos mais diversos tipos de agressão, como é o caso dos raios UV solares. Além de usar cremes protetores, o consumo de alguns alimentos específicos pode ajudar a proteger a pele e garantir mais beleza e saúde.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.