Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Alimentos que aumentam a testosterona

Alimentos que aumentam a testosterona

A testosterona auxilia na vida sexual do homem e da mulher (Foto: Divulgação)

A testosterona é o hormônio masculino, que tem um papel importante no desempenho sexual do homem e na sua sexualidade. A sua produção depende da ingestão de zinco e vitamina B, mas ele não é encontrado diretamente no alimento, porém algumas frutas e carnes fazem com que esse hormônio seja produzido.

Apesar de estar presente em maior quantidade no corpo dos homens (a produção de 40 a 60 vezes maior que nas mulheres), a testosterona também é importante para o sexo feminino. Geralmente, os níveis de testosterona em homens são cerca de 30% maior no período matutino do que durante o noturno.

Baixos níveis de testosterona diminuem a libido, determina a perca de músculos e influencia na diminuição da densidade óssea, além de aumentar o risco de doenças cardiovasculares. Acredita-se que entre 8 e12 milhões de homens possuem baixos níveis de testosterona.

Para melhorar sua taxa de testosterona algumas pessoas do sexo masculino introduziram em sua dieta diária alguns alimentos, que a longo prazo, podem trazer resultados satisfatórios. Os chamos afrodisíacos estão nessa vasta lista de produtos naturais que podem ser ingeridos para estimular o organismo na produção de testosterona. Conheça alguns alimentos com essas características:

As ostras são afrodisiacas (Foto: Divulgação)

Ostras

A ostras possuem um alto teor de zinco, que amplia a produção de testosterona e esperma. O zinco ajuda na construção de novas células, estimula o sistema imunológico, proporciona o crescimento, auxilia na emissão de alertas mentais, além de ajudar no bom funcionamento cerebral. As ostras também são uma boa fonte de magnésio e fósforo, e uma excelente fonte de proteínas, ferro, cobre, vitamina B12, vitamina D, manganês e selênio.

As bananas ajudam na produção do testosterona (Foto: Divulgação)

Bananas

Esse tipo de fruta é rica em potássio e vitamina B e riboflavina que são necessárias para produção de testosterona. As bananas também contém Bromelain, que é apontado como uma substância que aumenta a libido masculina. Introduza esse alimento no seu dia-a-dia e sentirá a diferença.

O abacate estimula a produção hormonal masculina (Foto: Divulgação)

Abacates

O abacate contém vitamina B6, importante no aumento da produção hormonal no caso dos homens. Essa fruta também tem níveis elevados de ácido fólico, que ajudam a metabolizar proteínas para manter nervos e a pele saudáveis. O potássio, que também consta na fruta, auxilia na regulação da glândula tireoide e pode ajudar no aumento da libido masculino.

Os alimentos citados podem ajudar na produção do hormônio, porém, é necessário procurar um médico para saber se há necessidade de ingerir medicamentos para tornar o tratamento eficiente. Se você toma remédios para esse mal, não troque pelas frutas e frutos do mar, embora possa introduzi-los em sua alimentação.

Recomendado para você
Bem Estar

Conheça as frutas do Inverno

Artesanato

Como fazer molduras para quadros passo a passo

Beleza

www.torratorra.com.br, Site Torra Torra Roupas

Bem Estar

Sobrecarga na instalação elétrica: como evitar

Comentários
  1. Wesley disse:

    Sabemos pois que a banana ostras e abacates ajuda m muito nos hormônios masculino pois 32% deles adequadamente são próspero ou seja um fase difício após a firmose onde ao passar isso acontece

    -saída de espermatózoides
    -pêlos pubianos
    -pelos nas axilas
    e ao passar do tempo pelos nas faces do rosto
    onde muitos adolescente passa por uma fase difício mais tendo -se recuperação de 11% depois da firmose isso passa depois dos 13 anosde idade como há pessoas que já passou da firmose aos 11 anos de idade.
    Pois isso é cmum.

  2. João carlos de Lima disse:

    Gostaria de saber os alimentos que potencializam ainda mais o metabolismo suprindo a perda de testosterona, nas pessoas do sexo masculino acima de 50 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *