Menu

Saúde

Atualizado em 27 de outubro de 2011, às 18:49
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > A pílula do homem: entenda os efeitos do viagra no organismo

O Viagra, muito utilizado atualmente, foi primeiramente lançado como sendo anti-hipertensivo. Saiba mais a respeito desse medicamento.

302879 viagra A pílula do homem: entenda os efeitos do viagra no organismo

Quais os reais efeitos do Viagra na vida do homem?

O medicamento mais conhecido hoje, como o “salvador” da disfunção erétil masculina, foi primeiramente, lançado como  o mais novo promissor anti-hipertensivo. Porém, após os relatos de diversos usuários do medicamento, que afirmavam ter apresentado uma mudança na vida sexual; os pesquisadores mudaram o rumo do medicamento, sendo então, patenteado em 1996 e lançado em 1998, após aprovação, tornando-se a mais nova droga para o tratamento de disfunção erétil.

Como funciona

O Viagra, conhecido  como a “pílula azul”, colabora com a ereção, por causar da  liberação de uma substância denominada óxido nítrico (NO).  Essa liberação ocorre em parte específica do pênis, o corpo cavernoso. Por interações bioquímicas, o NO colabora no relaxamento da musculatura do corpo cavernoso, devido à vasodilatação (influxo de sangue) provocada. Como a ereção é dependente do fluxo de sangue existente no corpo cavernoso, com a vasodilatação, a mesma ocorre.

Por se tratar de uma droga, o Viagra apesar de apresentar grandes vantagens ao organismo humano, deve ser utilizado com precaução. Assim, qualquer indivíduo que queira utilizá-lo deve, em um primeiro momento, procurar orientação médica, pois só após avaliação rigorosa de um especialista, é possível saber a quantidade que deve ser utilizada.

O não reconhecimento da dosagem exata ou o seu excesso pode causar danos irreversíveis, como, por exemplo, cirrose hepática ou insuficiência renal, por serem os órgãos responsáveis pela metabolização e excreção.

302879 viagra for erectile dysfunc A pílula do homem: entenda os efeitos do viagra no organismo

Quem não pode usar Viagra?

É preciso ficar atento às contra-indicações e às interações medicamentosas e/ou alimentares, que podem causar alteração no metabolismo da droga, resultando em efeitos maléficos ou não. Um exemplo de alteração da ação da droga, devido à interação alimentar, é a ingestão de alimentos gordurosos associado ao seu uso, o que pode diminuir seu efeito real.

O uso é contra indicado para:

  1. Quem sofreu recentemente AVE (acidente vascular encefálico, mais conhecido como derrame cerebral) ou infarto do coração;
  2. Indivíduos que apresentam hipotensão (baixa pressão arterial);
  3. Indivíduos em que a atividade sexual está contra-indicada devido a problemas cardíacos previamente detectados (após orientação médica);
  4. Aqueles que apresentam insuficiência do fígado ou dos rins severas;

Fique atento!

Como tudo na vida, toda ação tem uma reação. O uso do medicamento poderá trazer algumas consequências, ou seja, efeitos colaterais, ao organismo do utilizador, sendo citadas algumas delas:

  1. Caso a ereção dure mais que 4 horas, pode surgir priapismo; uma condição dolorosa e que pode causar danos irreversíveis ao pênis;
  2. A sua utilização, torna mais provável o infarto do coração e AVE;
  3. Pode provocar distúrbios visuais;
  4. Pode causar arritmias ou palpitações.

Toda a utilização de um medicamento traz riscos, portanto, antes de utilizá-lo procure um  médico especializado. A vida é muito valiosa para brincarmos com ela!

 A pílula do homem: entenda os efeitos do viagra no organismo

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.