Menu

Saúde

Atualizado em 10 de julho de 2012, às 12:55 por Isah Moretti
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > 21 minutos de exercícios físicos protegem contra depressão

Segundo pesquisa, 21 minutos é tempo suficiente para praticar exercícios físicos com isso combater os sintomas da depressão.
482936 21 minutos de exercícios físicos protegem contra depressão 21 minutos de exercícios físicos protegem contra depressãoCaminhar 21 minutos por dia ajuda a combater a depressão. (Foto:Divulgação)

A depressão é um mal que atinge 17% da população mundial, mas especialistas afirmam que medidas simples podem combater os sintomas, como é o caso da prática de exercícios físicos. Uma rotina de atividades aeróbicas pode, inclusive, melhorar o humor e reduzir a ansiedade.

Saiba mais: Caminhada – Benefícios para o Corpo e a Mente

Exercitar 21 minutos por dia ajuda no combate à depressão

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade Southern Methodist, de Dallas, nos Estados Unidos, uma pessoa que se exercita pelo menos 21 minutos por dia consegue combater a depressão. Os autores do trabalham ainda afirmam que as atividades aeróbicas trazem mais resultados no combate ao transtorno psiquiátrico.

A prática de exercícios físicos se revela um poderoso agente contra a depressão porque atua em neurotransmissores específicos do cérebro, causando um efeito semelhante ao dos antidepressivos. Desta forma, o indivíduo que tem o hábito de se exercitar passa a ter um comportamento mais positivo.

482936 21 minutos de exercícios físicos protegem contra depressão 1 21 minutos de exercícios físicos protegem contra depressãoA liberação de uma quantidade maior de serotonina contribui com a felicidade. (Foto: Divulgação)

Ao se exercitar, o indivíduo também libera uma quantidade maior de serotonina e dopamina, componentes importantes para proteger o corpo contra a dor e aumentar o estado de felicidade. Com mais bem-estar e qualidade de vida, dificilmente a pessoa se torna refém da depressão.

O estudo norte-americano, coordenado por Jasper Smiths, se diferenciou das demais pesquisas sobre o assunto porque conseguiu identificar uma quantidade diária ideal de exercícios por dia. Somente 21 minutos podem tornar a mente e o corpo mais saudáveis para combater os principais sintomas da depressão.

Para que a prática de exercícios possa trazer bons resultados, é importante que o indivíduo escolha um esporte que aprecia ou uma atividade física prazerosa. Ele também não precisa se exercitar sozinho, muito pelo contrário, deve frequentar uma academia ou convidar um amigo para praticar exercícios aeróbicos. Com isso, o paciente consegue interagir com outras pessoas e desfruta de benefícios sociais.

Manter o corpo ativo não faz bem apenas para o psicológico, mas também traz diversos benefícios para a saúde do indivíduo. Quem pratica exercícios físicos evita os principais males do sedentarismo, como a hipertensão, a diabetes, o aumento de colesterol ruim, problemas cardíacos e as dores nas costas.

Ao exercitar o corpo, é possível perder peso, tornar os ossos mais fortes, melhorar a eficiência cardíaca e pulmonar e reduzir a ansiedade. Enfim, a prática ajuda o paciente a desfrutar de uma vida longa e com boa saúde.

Exercícios para fazer em 21 minutos

482936 21 minutos de exercícios físicos protegem contra depressão 2 21 minutos de exercícios físicos protegem contra depressãoMovimentos de ioga podem ser realizados em 21 minutos. (Foto:Divulgação)

O período de 21 minutos parece pouco para praticar uma atividade física, mas existem muitas possibilidades se exercícios que podem ser realizados em menos de meia hora, como por exemplo, a caminhada, a corrida leve, um passeio de bicicleta, musculação e movimentos de ioga.

Veja também: Caminhada pode ter papel importante contra a depressão

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.